segunda-feira, 24 de setembro de 2012

De 24 a 30 de Setembro


A carta da semana é XII - O Pendurado, representada pela Deusa Frigg, Deusa Escandinava, esposa de Odin. A frase que a define é a seguinte: “A espera e o sacrifício de nove dias e nove noites são a chave que abre as portas do conhecimento e da sabedoria.”

Esta semana será caracterizada por um período de pausa ou repouso. Você até tem vontade de andar para a frente, mas as circunstâncias não o permitem, podendo ter que aguardar resposta ou acções de terceiros. A paciência é uma virtude.

Conselho: aproveite esta pausa imposta para reflectir sobre os seus objectivos, uma vez que ainda não é altura de avançar, analise bem todas as suas opções, para mais tarde tomar decisões bem ponderadas e com profundo conhecimento.

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Equinócio de Outuno

Foto retirada do site
Mabon ou Alban Elfed são algumas das formas de denominar o Equinócio de Outono que costuma celebrar-se por volta do dia 22 de Setembro no hemisfério norte/ no hemisférios sul ocorre a 21 de Março. Esta é a celebração das segundas colheitas em que o sol  já nos deu a sua força para amadurecer os frutos e vai entrar no período de recolha. É também uma altura de equilibro entre a luz e escuridão (o dia e a noite), no entanto entramos na metade escura do ano que se perlonga até ao Equinócio da Primavera.

Existe um sentimento de maturidade associado a esta celebração, assim como está ligado ao elemento água e à fase adulta da vida. É um óptimo momento para reflectir sobre as suas conquistas do último ano, e também sobre tudo aquilo que pretende mudar. Entramos numa fase de reflexão e de recolha interior, assim como de agradecimento por todos os frutos e bênçãos que nos foram atribuídos.

Algumas sugestões para assinalar esta data:

  • Faça uma meditação ou ponderação sobre os acontecimentos que teve no último ano;
  • Visite um bosque ou parque perto de si, para sentir e se conectar com a energia do Outono;
  • Comece um diário onde tome notas dos seus pensamentos, dos seus sonhos e de sensações que lhe tenham ocorrido;
  • Faça uma limpeza em sua casa e liberte-se daquilo que já não lhe faz falta,(sejam roupas, objectos,… )
  • Aproveite para cozinhar algo relacionado com frutos, por exemplo um bolo de frutos;

 Deixo aqui uma receita de família de um bolo de maçã, apenas como sugestão, para esta altura do ano:
Foto minha
Bolo de maça
3 chávenas açúcar
3 chávenas  de farinha
3 chávenas de maça vermelha ou amarela cortada aos pedaços pequenos
6 ovos
1 colher de chá de canela
Pó royal
1 pudim baunilha em pó
Bater tudo. Se a massa ficar muito grossa colocar um bocadinho de leite.
Untar a forma com manteiga e farinha e vai ao forno, até cozer.

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

De 17 a 23 de Setembro


A carta da semana é o cavaleiro de ouros, representada pela Deusa Aine, Deusa Irlandesa. A frase que a define é a seguinte: “ Eu sou a Deusa que concede ao homem a estabilidade, a segurança, a perseverança e a diligência”

Esta semana estará relacionada com a fixação de projectos e assente de ideias. Poderá receber alguma mensagem sobre a questão de trabalho, saúde ou dinheiro. Tente colocar os seus planos em prática e sobretudo firmar os seus pés no chão.

Conselho: o seu esforço é fundamental para conseguir a sua estabilidade. Sem trabalho nada acontece e deve ter isso bem presente. Sei que gostaria de ver os resultados do seu esforço, mas seja paciente e dê um passo de cada vez com a segurança necessária.  

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Competitividade vs Cooperação

Foto retirada do site
É no meio que está a virtude. Esta frase contem grande verdade e cada vez mais me apercebo que o descontentamento geral se deve ao grande desequilíbrio social que existe neste momento.  Por um lado temos as empresas a incentivar a competitividade, deixando os seu empregados aos limites da exaustão, por outro  temos uma enorme fila de desempregados que "perderam" a luta por um emprego e que ficam arrumados a um canto como se fossem um estorvo da sociedade. No final de tudo, ninguém está feliz com isto.

Assistimos  a uma enorme procura das terapias alternativas e é bastante compreensível o porquê, as pessoas estão cada vez mais desequilibradas, trocaram a sua vida e bem-estar por um salário. O lucro é soberano e está acima de tudo e todos, até mesmo dos próprios valores da sociedade e do respeito pela condição humana.

Foto retirada do site
Sei que uma sociedade apenas composta pela cooperação seria uma utopia. Também não creio que fosse a mais desejável uma vez que bloqueava incentivos à inovação. Mas a cooperação é também importante e o sentimentos de comunidade faz imensa falta nos dias que correm. Por isso se perderam valores tão importantes, como o valor da família, o tempo para si mesmo e para dedicar aos outros. Tudo em nome de uma competição desenfreada em que o dinheiro domina. No final acabamos por tentar compensar todas essas perdas por bens materiais, mas caímos rapidamente no vazio e a sensação de insatisfação aumenta. É urgente olhar novamente para estes valores, dedicar mais tempo a si mesmo, aos seus filhos, à sua família, ao meio ambiente, ao planeta que o acolhe. Respeitar as mulheres grávidas pelo seu grande contributo à sociedade em vez de serem olhadas como "pouco produtivas",  retomar o espirito de entre ajuda, onde juntos podemos ir mais longe em vez de olhar em redor para todos os outros como seus rivais ou inimigos.

Não se deixe arrastar por esse ideia do lucro acima de qualquer coisa, nem tudo deve ser medido em termos financeiros. Não tente compensar os seus filhos com bens materiais pela sua falta de tempo em casa. Encontre o seu equilíbrio entre as duas vertentes. A mudança começa em nós!

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

De 10 a 16 de Setembro



A carta da semana é XIX – O Sol, representada pela Deusa Amaterasu, Deusa Japonesa do Sol. A frase que a define é a seguinte: ”Semicerra os olhos ou ficarás cego perante a minha beleza. Eu sou a luz que ilumina o mundo, o calor que gera a vida e a boa saúde.”  

Esta é uma semana de grandes acontecimentos, de grandes oportunidades. Poderá nem ter a devida consciência das oportunidades que se apresentam no seu caminho, mas elas irão ser geradoras de sucesso, iluminação e bem-estar.

Conselho: aproveite estes momentos para olhar o que tem de bom à sua volta e dê oportunidade a algo, mesmo que ache que não vai ter grande resultado. A luz está do seu lado, assim como o calor e o aconchego. Tenha coragem de arriscar.

domingo, 9 de setembro de 2012

Crítica

O velho, o jovem e o burro
Decidi partilhar com vocês uma história que me é contada desde criança:

Foto retirada do site
“Era uma vez, um velho, um jovem e um burro que andavam em viagem. Após um longo percurso encontraram uma pequena aldeia onde iriam repousar, mas assim que chegaram à aldeia, ouviram comentários a seu respeito. – Olhem para aqueles dois parvos! dizia alguém, têm um burro e vêem os dois a pé!

No dia seguinte, após uma boa noite de repouso e não querendo voltar a fazer figura de idiotas, os dois decidiram continuar a sua viagem, mas desta vez montaram os dois o burro. Quando a noite chegou encontraram um novo local para pernoitar, e novamente, assim que entraram na aldeia, ouviram alguém. – Olhem só aqueles dois malandros montados no burro. Coitado do burro, ter que vir a carregar com eles dois todo o caminho.

Muito incomodados com os novos comentários, assim que voltou a amanhecer lá partiram novamente os nossos viajantes. Decidiram que apenas o velho montava o burro e o jovem iria a pé. Quando a noite voltou a cair e encontraram um novo sitio para ficar, não esperavam ser novamente criticados, mas assim que chegaram ao novo local ouviram alguém. – Olhem para aquele velho, grande malandro. Vai ali o pobre rapaz a pé, coitado, enquanto o velho vai montado no burro, todo refastelado.

Assim que o dia nasceu, seguiram viagem, mas já cansados de tanto os criticarem e o velho envergonhado pelo que ouviu, decidiram que seria o jovem a ir no burro. Como tal, mais uma vez a noite chegou e mais uma vez foram criticados. Olhem para aqueles dois, onde é que isto já se viu? O jovem que tem boa perna vai montado no burro e o velho coitado que já mal pode andar é que vai a pé!. E foi a partir desse dia que decidiram que iriam montar, ou não, o burro da forma que mais lhes agradasse, porque fizessem o que fizessem, seriam sempre criticados por alguém.”

Foto retirada do site
A moral da história é muito fácil de entender. Uma vez que vivemos em sociedade, temos tendência a agradar tudo e todos e quando ouvimos criticas a nosso respeito, por vezes mudamos a nossa atitude para agradar aos demais, mas a verdade é que nunca agradamos a toda a gente por isso o melhor será tomar as suas decisões por quem você é, por aquilo que acredita. Irá sempre ter pessoas a favor e pessoas contra, só precisa de aprender a lidar com as criticas alheias (que muitas das vezes resume-se  a não lhe dar crédito, nem o direito de interferir na sua vida) e ter a coragem de seguir aquilo em que realmente acredita. Por vezes nem sempre é fácil distanciarmo-nos da critica alheia (maioritariamente destrutivas), mas esta história ajuda-me sempre a lembrar que, por muito que tente, não posso agradar a toda a gente. Então porque não começar por me agradar a mim?

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Religião

Foto retirada do site
Todas as religiões são caminhos diferentes para chegar até Deus. É com esta frase que eu costumo definir a religião que apela a uma abertura ao respeito e à tolerância. Acredito que de facto seja assim, nenhuma religião é melhor que a outra, nem nenhuma religião deve sobrepor-se sobre todas as outras. A religião deve ser algo que nos torne pessoas melhores e que contribui para o nosso desenvolvimento espiritual e não motivo de conflitos e guerras. Claro que para isso é necessário o respeito e que se acabe de uma vez com as "conversões", cada um deve ser livre de escolher a religião com que tenha maior afinidade.
 

Sei que por vezes sou um pouco crítica com as "religiões dos livros", que permanecem estáticas no tempo e são essas que mais contribuem para a imposição de ideias da idade da pedra. Tento respeitar ao máximo todos os seus seguidores, mas quando caímos no fanatismo de seguir à letra tudo o que está escrito nesses livros,  deixa de existir abertura e respeito pelas crenças alheias, passando a uma situação de pretensiosismo em que apenas nós detemos a (pseudo) chave da salvação e todas as restantes almas irão cair em desgraça. Essas religiões assustam-me pelo seu fanatismo, ensinaram os seus crentes a desconfiar de tudo o que é diferente e regra geral quando não conhecemos algo acabamos por a temer, e tudo aquilo que tememos o nosso instinto diz-nos para a destruir.

Num mundo com tanta diversidade, se não há espaço para a tolerância então só existirá mal estar e situações de conflito. Isto porque não existe respeito pela liberdade religiosa de cada um, porque cada um acredita que a sua religião é melhor e soberana que se deve elevar acima de todas as outras. Então o verdadeiro objectivo da religião, cujo seu significado é União com o Divino e que nos inspira a ser melhores, mais completos a caminho da nossa evolução espiritual, acaba por se perder.

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Deusa Psyche

Foto retirada do site
Psyche, que significa psique ou alma, antes de ser Deusa do amor romântico era uma bela mortal, tão bela que despertou o ciúme da Deusa do amor e da beleza. Afrodite ordenou a seu filho Eros que fizesse Psyche apaixonar-se pela mais horrenda das criaturas, mas em vez disso Eros apaixonou-se pela jovem, visitando-a todas as noites mas de forma a que ela não o pudesse ver nem identificar. Numa noite Psyche quebrou o acordo e tomou uma vela para olhar para ele e Eros desesperado pelo seu acto deixou-a. Afrodite, após saber que tinha sido engana e louca de ciúmes decide punir Psiché com várias tarefas. Após a execução das mesmas, Eros pediu a Zeus que transformasse Psyche em imortal e assim se casaram.


Esta história tem como intuito aconselhar a não analisar o amor de forma puramente lógica, é importante mergulhar no seu inconsciente e desenvolver a alma, para assim entender o verdadeiro amor. As tarefas de Psyche representam esse desenvolvimento que só após passar por uma séria de provações consegue voltar a reunir-se com o seu amado. As tarefas foram, separar uma montanha de grãos, recolher lã de ouro, buscar água da fonte de um rio e ir ao submundo para trazer um pouco da beleza de Perséfone, que representam a passagem pelos quatros elementos.

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

De 3 a 9 de Setembro


A carta da semana é o 2 de copas, representada pela Deusa Psyche, Deusa Grega do amor romântico. A frase que a define é a seguinte: “Finalmente juntos meu amado, o teu abraço aquece-me, conforta-me, sustenta-me e fortalece-me.”

Esta semana será um período de grande romance onde as relações a dois estarão em destaque. O amor anda no ar e é um óptimo período para encontrar alguém que o complete ou melhorar as relações amorosas já existentes.

Conselho: faça algo romântico esta semana e surpreenda a sua cara-metade. Dedique algum tempo a questões sentimentais e o que pode fazer para encontrar ou melhorar uma relação. Por vezes esquecemo-nos de dar atenção a quem está mais perto de nós, mas uma relação sólida é construída diariamente e com dedicação.