terça-feira, 30 de outubro de 2012

Samhain

Foto minha
Aproxima-se uma das noites mais mágicas do ano. Não é por acaso que é conhecido como dia das bruxas, apesar do marketing desta altura do ano deturpar um pouco o conceito desta poderosa noite. A sua celebração decorrer durante três dias que vai do dia 31 de Outubro ao dia 2 de Novembro/ 1 de Maio no Hemisfério Sul. É conhecida como a celebração das terceiras e últimas colheitas, pois é nesta altura que o Deus morre, terminando assim o seu reinado e regressando ao submundo.

Durante estes três dias, o véu que separa o mundo dos vivos e dos mortos está mais ténue, havendo uma maior aproximação entre estes. É por isso que se costuma lembrar e honrar os antepassados nesta altura (até os católicos adoptaram este intuito com o costume de enfeitar os cemitérios no dia de todos os santos), devendo pedir a sua protecção e orientação.

Esta é uma altura propícia para se limpar energeticamente, deixar para trás o que já não lhe faz falta e dar lugar ao novo. É também o momento ideal para consultar os oráculos e saber qual os conselhos para o novo ano, uma vez que é nesta celebração que a roda do ano termina e recomeça.

Partilhar convosco uma receita que não é da minha autoria, no entanto tem acompanhado os meus últimos Samhains, tornando-se praticamente obrigatória. 

Foto minha
Creme de Abóbora
Ingredientes:
 - 300 g de abóbora;
 - 2 colheres de sopa de manteiga;
 - 1 talo de salsa picada;
 - 1 cenoura pequena picada;
 - 1 cebola pequena;
 - 1 litro de caldo de frango ;
 - sal e pimenta;
 - noz-moscada ;
Modo de Preparo:
Corte a abóbora em cubos de 2 cm. Coloque-a em uma panela com manteiga e leve ao fogo. Quando estiver borbulhando, acrescentar a cebola, cenoura e salsa picados. Refogue por 5 minutos e acrescente ½ concha do caldo de frango à panela. Tampe a panela e cozinhe em fogo baixo até que os cubos de abóbora estejam bem macios. Acrescente o caldo restante e cozinhe por 2 a 3 minutos. Transferira a sopa para o copo de um liquidificador e deixe esfriar um pouco. Bata em velocidade máxima para obter um creme bem liso. Coloque novamente na panela e leve ao fogo temperando com sal e pimenta. Sirva salpicando com um pouquinho de noz moscada ralada na hora e, se gostar, com uma colherada de requeijão.

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

De 29 de Outubro a 4 de Novembro



A carta da semana é o 2 de copas, representada pela Deusa Psyche, Deusa grega do amor romântico. A frase que a define é a seguinte: “Finalmente juntos meu amado. O teu abraço aquece-me, conforta-me, sustenta-me e fortalece-me.”

Esta semana será ligada ao amor romântico, às uniões e ao mútuo apoio entre casais. É importante olhar para a saúde do seu relacionamento, caso o tenha, e tentar que o apoio e dedicação prevaleçam de parte a parte. Para quem não tem relacionamento é uma semana propicia a poder vir a encontrar alguém que o conforte.

Conselho: por vezes a rotina acaba por desgastar as relações, mas esta semana dê atenção à sua cara metade. São os bons momentos a dois que dão sentido à vida e por vezes apenas consiste em disfrutar da companhia um do outro.

sábado, 27 de outubro de 2012

O poder das palavras.

Há quem diga que os nossos pensamentos nos definem como pessoa. Ora se os nossos pensamentos são aquilo que somos, as palavras são a forma de como nos exteriorizamos, de como comunicamos com o mundo.

Foto retirada do site
Não é novidade para ninguém que as palavras têm uma grande poder. Elas podem magoar mais que uma bofetada, podem nos inspirar e quando estão em rima é como se tudo no universo se se encaixassem como por magia. As palavras servem também como íman, se falamos sempre em problemas acabamos por atrair mais problemas, se pelo contrario falamos sempre numa perspectiva positiva, então acabamos por atrair essa positividade.

Podemos afectar os outros através das palavras. Quando somos agressivos, a pessoa a quem o dizemos  recebe a nossa agressividade e acaba por sentir e ser afectada por essa negatividade, o mesmo acontece quando dizemos algo agradável, podendo mudar o humor ou melhorar o dia de alguém apenas por uma palavra amigável.

Foto retirada do site
Uma grande prova disso é o estudo do Dr. Masaru Emoto que avaliou a forma como as moléculas da água são afectada pelas palavras. Como se pode ver a forma como a água congelou ao dizer "amo-te" é bem mais agradável do que a forma como congelou ao dizer "metes-me nojo, eu vou matar-te". Se isto é o que acontece com a água, então podemos ter uma ideia de como a força das palavras nos podem afectar. 

Sendo o corpo humano maioritariamente composto por água, podemos assim ter maior consciência de como palavras de ira nos afectam, assim como palavras de amor e gratidão. 

Olhe para a forma como se expressa e como se relaciona com os outros. Isso mexe não só com a sua vida emocional mas também com a sua saúde. 

terça-feira, 23 de outubro de 2012

De 22 a 28 de Outubro


A carta da semana é o valete de espadas, representada pela Deusa Diana, Deusa romana da caça e do céu aberto. A frase que a define é a seguinte: “Cheira o ar. Observa bem o que te rodeia, presta atenção nos sons à tua volta. Irás capturar a tua presa.”

Esta semana será caracterizada por um grande foco nos seus objectivos. Estará tão empenhado naquilo que quer conquistar, que nem se permite a qualquer motivo para distracção. Poderá ser levado por alguma ingenuidade mas terá também a força e a motivação de um jovem.

Conselho: este foco e empenho que sente fará parte do seu crescimento. Está a começar uma nova fase e esta semana sente que nada o irá desviar do seu caminho, no entanto tenha cuidado com a ambição desmedida que não lhe permite ver tudo aquilo que está à sua volta. 

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Como desbloquear emoções, pensamentos, desejos...

Fonte desconhecida
Como podemos desbloquear emoções, pensamentos ou desejos reprimidos? Bem essa é uma pergunta que me tenho feito desde a algum tempo para cá. Existem várias terapias que são recomendadas sempre que falamos no assunto e ajudam bastante, é verdade. No entanto o mais comum dos mortais, que pouco conhece sobre o assunto, merece uma explicação mais acessível. Não sou terapeuta em nada, a minha "formação" neste campo limita-se ao segundo nível de reiki, no entanto sou grande especialista em sentimentos reprimidos e chacras bloqueados, isto claro por experiência própria.

Tudo começou quando comecei a sentir-me completamente desfasada de mim mesma, era como se o meu corpo, a minha mente e a minha alma não estivem centrados num só, mas sim distantes uns dos outros. Ora isso é um sinal claro de que alguma coisa não está bem. O primeiro passo para conseguir resolver qualquer problema é conseguir identificá-lo. Mas muitas vezes os nossos pensamentos e emoções estão tão confusos que parecem um emaranhado de lã. Há que começar por uma ponta. Nesta primeira fase, creio que a meditação é a melhor ajuda. Já ouvi de tudo a respeito, até que a meditação causava depressão, ou que as pessoas que o fazem são mais depressivas. Isso não é bem verdade, a questão é que, é preciso ir ao fundo dos nossos problemas para os conseguirmos resolver e por isso numa primeira fase pode não ser muito fácil enfrentar os nossos fantasmas, ou podemos não estar preparados para a avalanche de emoções que temos reprimida.

Fonte desconhecida
Quando falo em meditação não tem que ser necessariamente aquela imagem de ioga que costumamos ver, apenas parar para pensar e estar connosco mesmos. Basta sentar, nem que seja por 10 minutos do nosso dia, e pensarmos como nos sentimos e porque é que nos sentimos dessa forma, o que nos leva a sentir tristes ou desfasados ou incompreendidos. O importante aqui é não atribuir culpas a ninguém. São os nosso sentimentos logo é da nossa responsabilidade a forma como deixamos os outros nos afectar. É um longo caminho até conseguir perceber toda a dimensão dos nossos bloqueios. Ao inicio começam a revelar-se algumas situações ou pensamentos que nos perturbam e é por ai que se deve começar, tentando perceber a forma como eles nos afectam, o porquê, a sua aceitação e por fim conseguir libertar-nos disso. Quanto mais aprofundar, mais sentimentos acumulados (por vezes à imenso tempo que nem nos tínhamos apercebido que ainda nos afectavam) virão à superfície. 

O mais difícil é libertar, existem sem numeras de formas de o fazer e o efeito, dependendo de cada um, é mais ou menos eficaz. Escrever tudo o que se sente, todas as emoções, poder falar com alguém sobre o assunto (por isso a importância dos psicólogos, se bem que não posso falar por experiência própria), colocar essas frustrações em actividade física,... Enfim um sem número de opções, o importante é depois de identificar e admitir que essas situações ainda nos afectam, conseguir libertar, porque se as mantermos dentro de nós iremos entrar numa espiral de sentimentos negativos e, ai sim, entrar em depressão, o objectivo é conseguir lidar com esse sentimentos, um a um e depois libertar e não continuar com eles acumulados dentro de nós.

Fonte desconhecida
É neste sentido que as terapias têm um papel fundamental e são de grande ajuda. A meditação, o reiki, o EFT, o ho'oponopono, as massagens ayurvédicas, são algumas hipóteses de ajuda para superar esses bloqueios nas suas diversas fases. Numa fase inicial quando é difícil perceber tudo aquilo que temos reprimido, estas terapias ajudam a vir ao de cima aquilo que está no fundo do nosso ser, assim como ajudam-nos bastante a aceitar a nossa humanidade e com isso os nossos defeitos e por fim conseguirmos libertar dessas emoções. Não é um processo fácil, mas todos nós temos sentimentos reprimidos que nos prejudicam na nossa evolução. Quando conseguimos enfrentar os nossos medos, sem os reprimir no fundo do seu ser, sentimos mais purificados e a cada passo sentimo-nos melhor. Por isso vale a pena o esforço!

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Deusa Oya

Foto retirada do site 
Oya é uma Deusa Nigeriana, da tribo Yoruba (ou culto Yorubana) conhecida também como Deusa do Voovo brasileiro. Ela é irmã de Oshun (que no Brasil se pronuncia Oxum)e ambas são filhas de Yemanjá e esposas do deus do trovão Shango (Xangô). Oshun era bonita e Oya era simples, existia bastante ciúme entre elas. Eram as Deusas dos rios Oxum e Níger respectivamente. Quando se atravessa um dos rios não se pode pronunciar o nome da Deusa do outro, ou as águas irão engoli-lo. Os escravos levaram ambas as Deusas para o Brasil, onde se tornaram Deusas do Voodoo sendo também identificadas com Santa Bárbara e Santa Catarina.

Oya é também conhecida como Oia ou Oiá, é representada como uma mulher negra e selvagem, bastante temperamental e manifestando-se sob a forma de tufões, terramotos e tempestades. Ela é associada ao elemento ar uma vez que o vento responde a ela. É por isso vista como a Deusa da mudança, trazendo sobre nós o vento de mudança, Deusa da liderança, sendo ela a padroeira das mulheres e dando a estas a força necessária em questões de liderança e Deusa da transformação, estando relacionada com o culto do mortos .

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

De 15 a 21 de Outubro


A carta da semana é o valete de paus, representada pela Deusa Oya, deusa africana dos ventos e das tempestades. A frase que a define é a seguinte: “Eu sou o energizante, estimulante e regenerador vento que sopra forte. Amplie seus horizontes e deixe-se levar por este turbilhão mágico”. 

Esta semana vai sentir muitas mudanças à sua volta, no entanto elas irão trazer-lhe algo novo e agradável. Faz parte do seu percurso e da sua evolução. Pode é sentir-se um pouco tonto com tanta mudança repentina, principalmente porque esteve num período em que nada acontecia e agora tudo muda rapidamente.

 Conselho: por vezes as mudanças são assustadoras, principalmente para pessoas que gostam da sua estabilidade, no entanto é importante manter-te receptivo e abrir os seus horizontes. Deixe-se levar por este turbilhão e se achar que as coisas ainda estão muito paradas seja você a tomar medidas para mudá-las, vai ver que esta semana terá resultados surpreendentes.

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

De 8 a 14 de Outubro


E continuamos com a mesma carta e a mesma energia da semana passada. 

A carta da semana é o Ás de Copas, representado pela Deusa Habondia, Deusa Celta da abundância, dos sentimentos e da fertilidade. A frase que a define é a seguinte "Eu sou a fonte divina, o ventre materno, a vida e a regeneração".

Esta semana continuamos com esta energia de juventude e inocência. Se não teve oportunidade de iniciar algo que lhe dizia particularmente ainda está a tempo de o fazer. Entregue-se a um projecto apaixonante ou algo que queira há já bastante tempo.

Conselho: novos relacionamentos, novas aventuras, novos projectos. Aproveite esta energia de Outono para largar o que já não lhe faz falta (tal como as árvores deixam cair as suas folhas) e dê espaço ao novo. Recomece, reinvente-se, seja audaz.

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

De 1 a 7 de Outubro


A carta da semana é o Ás de Copas, representado pela Deusa Habondia, Deusa Celta da abundância, dos sentimentos e da fertilidade. A frase que a define é a seguinte "Eu sou a fonte divina, o ventre materno, a vida e a regeneração".

Esta semana será caracterizada por um novo início. Após ter-se libertado daquilo que já não fazia falta e da ponderação a que foi obrigado, está na altura de começar, de traçar um novo rumo, cheio de entusiasmo e força de vontade. Semana propicia a novos relacionamentos afectivos. 

Conselho: aproveite esta semana para iniciar algo que lhe traga especial prazer, comece a trabalhar num projecto que vá de encontro ao seu sonho, algo que seja apaixonante para si. Não tenha medo de ser ingénuo e imaturo, é com os erros que aprendemos e é a força de vontade que nos levanta.