quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Porque no Hemisfério Sul se abre o circulo no sentido anti-horário

Porquê há pessoal que abrem o circulo mágico no sentido contrário no Hemisfério Sul? E como se deve abrir realmente?
Este tópico pretende responder a essas perguntas. 

Foto retirada do site

Já encontrei algum pessoal pagão brasileiro que abre o círculo de forma contrária e isso sempre me fez confusão. Afinal no hemisfério Sul os pontos cardeais não são os mesmos? O Sol não nasce a Este e põe-se a Oeste? Então porquê desenhar o círculo de forma contrária?


Isso deve-se à força de Coriolis. Vou deixar um ficheiro informativo no final do post, assim como um filme que podem assistir sobre este efeito. Mas uma das consequência da força de Coriolis é a forma como a água corre na pia. Sendo que no Hemisfério Norte a água escorre no sentido anti-horário e no Hemisfério Sul a água escorre no sentido horário.




Desta forma é possível perceber que, para mandar energia embora, no Hemisfério Norte deve ser feito pelo sentido anti-horário (quando fechamos o circulo mágico, fazemos nesse sentido) e para canalizar energia devemos seguir o sentido horário (como na abertura do circulo). Já no Hemisférios Sul, funciona de forma oposta. Ora para quem abre o círculo no Hemisfério Sul fica o dilema: fazer no sentido horário seguindo os elementos e os quadrantes? Ou abrir o círculo tendo em conta a força de Coriolis?



Nós devemos abrir o círculo no sentido horário, porque tem uma lógica, se começamos por Este, o Este representa o início, a manhã, o nascimento, a Primavera, quando nos deslocamos para Sul, o que corresponde ao sentido horário, temos a representação do fogo, da adolescência, do meio-dia, o Verão, e ai por diante. Ora no Hemisfério Norte não temos qualquer problema, pois a força de Coriolis, neste Hemisfério, faz com que a o sentido horário seja a canalização da energia o que coincide com os elementos e a forma de abertura do círculo. Mas, e quem está no Hemisfério Sul? Como fazer?


A meu ver, quem é do Hemisfério Sul deve fazer aquilo que sentir melhor. Se quiser respeitar a força de Coriolis e canalizar a energia no sentido anti horário então que assim seja, se por sua vez prefere seguir os elementos e a ordem do círculo então tudo bem. Acho que se fosse eu seguia pela segunda, pois para mim não me faria sentido abrir um círculo indo da velhice , para a fase adulta, depois para a adolescência e por fim nascimento… simplesmente não me encaixava. Tendo em conta que existe aqui, esta divergência, também não posso dizer que seja errado fazer no sentido contrário. 

Às vezes tenho a sensação que as religiões foram pensadas no Hemisfério Norte e quando são adaptadas ao Hemisfério Sul acaba por haver esta lacuna. Por exemplo nós podemos ligar o Yule ao Natal sem qualquer problema, agora quem está no Hemisfério Sul, festejar Litha que representa a força máxima do Deus, quando anda tudo a celebrar o nascimento, deve ser muito desconcertante. Mas isto é apenas um pensamento meu.

Este foi um tópico que abri no Forum Mundo Verde, por isso sinta-se à vontade de deixar aqui as suas sugestões e dúvidas ou ir até lá participar na discussão. 




4 comentários:

petrucia finkler disse...

oi seu ponto é muito válido citando o coriolis. mas no hemisfério sul também se invertem os elementos no sul e norte, portanto seguiria na mesma ordem! do ar (nascimento) ao leste, para o fogo (crecimento e auge) ao norte, água (velhice) ao oeste e sul, terra (morte, frio). ;)

Vânia Silva disse...

Obrigada Petrucia pelo contributo. Este tema gera realmente muita confusão, principalmente no Hemisfério Sul.
Sim faz sentido, abrem no sentido anti-horário e invertem os elementos do Norte e Sul. Acho que é uma boa forma de solucionarem a questão :)

838589 disse...

Olá, não sei se ainda leêm este tópico nem se vão ver minha resposfa, mas achei o post muito pertinente e na verdade entrei na net pra pesquisad justamenfe sobre isto quando cheguei até seu blog vania. Bem, o que me fez pensar a este respeito foram alguns vídeos que assisti ultimamente sobre religiões e tribos indígenas do Brasil, tribos civilizadas, outras ainda bem preservadas e seus rituais e etc, de diferentes partes do Brasil e em documentários diferentes. Algo me chamou a atenção, todas elas realizam seus rituais e cerimonias festivas 1 - EM CÍRCULO (oq nao é uma surpresa ;), 2 - EM SENTIDO ANTI-HORÁRIO. Obviamente eles não tem o conceito dos pontos cardeais com os elementos, mas não é interessante que de alguma forma estas tribos compartilhem esta característica e de forma intuitiva (sem terem lido em algum lugar q eh assim q tem q ser). Acredito que exista alguma sabedoria energética ai que conversa com nosso solo e nossa natureza e que os pagãos brasileiros ainda não atentaram, talvez por se concentrarem muito nos manuais e livros vindos do hemisferio norte. Não sei, mas vou tentar descobrir mais a respeito, me fasciniu isto. Obrigado pelo post e espero nao tê-la enchido com o tamanho do texto. Abracos

Adélia Scarlett disse...

Concordo. Estou estudando sobre isso e sobre a roda do ano. Tem muita coisa interessante. E pelas minhas pesquisas, vi que pessoas do norte ivertem tudo quando vão para o sul. Circulo, elementos, a roda do ano. E o interessante é que eles não se preocupam com a egregora do norte, eles invertem e tudo isro é natural.

De 24 a 30 de Outubro

Esta semana estamos sob as bênçãos da Deusa Astarte , Rainha do Oriente representada na carta III - A Imperatriz. A frase que a defin...