terça-feira, 20 de novembro de 2012

Expectativas!

Porque é mais fácil perdoar um estranho do que alguém que amamos?

Foto retirada do site
Quanto mais próximo está alguém de nós mais expectativas criamos sobre essa pessoa. Enquanto que de um estranho não esperamos muito, o mesmo não acontece quando se trata de amigos ou de família.  Isso porque quanto mais alguém nos é próximo, mais esperamos que essa pessoa nos conheça profundamente e que saiba quando nos magoa. No entanto, isso nem sempre é verdade e se não houver uma boa comunicação, se não houver coragem para dizer a esse alguém que amamos que nos magoou por um determinado motivo, a distância começa a agravar-se. Juntando a isto ainda temos as expectativas dessa pessoa que recaem sobre nós, o que acaba por formar uma bola de neve. Se não correspondemos às expectativas dessa pessoa, normalmente ela começa a agir de forma diferente connosco, que por sua vez vai contra as nossas expectativas em relação a ela e por ai a diante.

Os laços de sangue por si só não são suficientes para criar um bom relacionamento, é necessário trabalhar esses laços para construir confiança e uma relação próspera. Criar demasiadas expectativas sobre alguém por ser do mesmo sangue por vezes leva a uma grande dose de desilusão e vemos famílias desfeitas à conta disso. Tudo porque existe um padrão na forma de agir, que um membro de sangue deve dar mais que um membro de fora, mas será que é realmente assim? É o laço de sangue suficiente por si só? Será que não criamos demasiadas expectativas à conta desse laço?

Foto retirada do site
Não será uma melhor solução deixar todas as expectativas de lado e apenas aceitar aquilo que quem está à nossa volta é capaz de nos dar? Como seria tão mais libertador ver-se livre das expectativas que recaem sobre si? Onde tudo aquilo que desse seria bem recebido e agradecido e não com o sabor de pouco ou à quem das expectativas, quando muitas das vezes nem sabe as expectativas que essa pessoa tinha de si.

Mas para tal acontecer alguém tem que começar. Então que tal libertar-se das expectativas que tem sobre os demais? Quem sabe se assim não melhora as relações que tem com aqueles que o rodeiam? Além do mais desta forma já não se irá sentir desiludido, mas apenas surpreendido.

Sem comentários:

De 10 a 16 de dezembro

Esta semana estamos sob as bênçãos da Deusa Andraste , a invencível Deusa Celta das batalhas, que está representada na carta do 6 de ...